logo

Início > Turismo >

2,6 mil agentes de viagem aprenderam sobre a PB neste ano

19 de dezembro de 2017 Foto: José Carlos dos Anjos Wallach / Festar

Praia de Tabatinga, no Conde, litoral sul da Paraíba, uma das áreas mais belas e procuradas do Estado

 

A presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, apresentou nesta terça-feira (19) aos representantes do trade e de prefeituras paraibanas um balanço das ações de divulgação e capacitações desenvolvidas ao longo de 2017.  A prestação de contas da gestora do Turismo paraibano ocorre desde o ano de 2011.

De acordo com os números divulgados, o ‘Destino Paraíba’ foi apresentado a cerca de 2.600 agentes de viagens de todo o Brasil e do exterior. Pelo menos 35 mil pessoas estiveram visitando o stand da PBTur nas principais feiras e eventos ligados ao turismo.  Outro destaque neste ano foi o aumento do número de turistas argentinos devido à implantação do voo semanal entre João Pessoa e Buenos Aires.

Parcerias

Ruth Avelino explicou que o ano de 2017 apresentou muitos desafios para quem trabalha e vive do turismo no Brasil. Ela disse que há uma crise econômica e que o Governo do Estado, em parceria com o trade, optou em ‘otimizar’ os recursos existentes para divulgação e capacitações de agentes de viagens. As principais operadoras argentinas como a Tourmed e Infinitas registraram um crescimento nas vendas da ordem de 1.200% a 211%, respectivamente.

Em 2016, a Tourmed enviou para a Paraíba um total de 41 clientes. Neste ano foram 545. É pouco? É! Mas veja que aumentou consideravelmente depois de nossas capacitações e do voo semanal entre nossa capital e Buenos Aires”, afirmou.

Mais pacotes

No âmbito nacional, a PBTur também contabiliza crescimento de vendas de pacotes por parte das operadoras nacionais, com destaque para a CVC. A operadora comercializou em 2016 um total de 94.357 pacotes de viagens. Neste ano o total foi de 98.132 pacotes até outubro, o que representou um crescimento da ordem de 4%.

“Trabalhamos intensamente com as operadoras de turismo brasileiras e do exterior. Não tenho dúvidas de que foi esse trabalho incessante que criou um fluxo positivo de turistas para a Paraíba ao longo de todo o ano. Tenho informações de que vários destinos aqui do Nordeste enfrentaram problemas em sua rede hoteleira. Da nossa parte estamos apresentando um crescimento em torno dos 3% neste ano que vai terminando”, declarou Ruth Avelino.

Outra ação desenvolvida pela PBTur foi a realização de famtours e fampress. “Trouxemos centenas de agentes de viagens de todo o país, da Argentina, Chile e do Uruguai para conhecerem nossos principais roteiros turísticos. Isto gera uma aproximação entre o profissional e o destino. O agente vai vender um produto que ele conhece, vivenciou e isso faz toda a diferença no momento em que ele interage com o cliente/turista. Por outro lado fizemos convites pontuais para jornalistas e blogueiros virem conhecer nosso Destino. A mídia espontânea dá muito resultado”, explicou a executiva paraibana.

Ações para 2018

Os representantes do trade e das prefeituras receberam informações detalhadas das ações previstas para 2018. Ruth Avelino explicou que essa reunião conjunta vem ocorrendo desde 2011 e serve, principalmente, para que todos possam sugerir e discutir de que forma implementar a divulgação do destino.

“Basicamente iremos manter nosso foco em trabalhar com as operadoras de turismo, não deixando de participar das feiras e eventos de turismo importantes do Brasil e do exterior. Já nos primeiros dias de janeiro tem início o período de feiras internacionais e nós estamos em contato permanente com a Embratur”, disse.

(Da Secom-PB)

CATÁLOGO DE PROFISSIONAIS

Quem sabe fazer sua festa

logo