logo

Início > Geral >

Celeiro Criativo expõe trabalho de 120 artesãos e 22 artistas plásticos

12 de janeiro de 2018 Foto: Dayse Euzébio / Divulgação - Secom-JP



 

Inaugurado essa semana, o Celeiro Espaço Criativo, localizado no bairro do Altiplano, está com exposição de peças e obras de 120 artesãos e 22 artistas plásticos de João Pessoa e cidades próximas. O público pode ver e adquirir as peças. O local funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, e nos sábados e domingos das 10h às 19h. Os trabalhos reúnem, além de artesanato, cultura popular, artes visuais e design.

De acordo com Lúcia França, curadora do Celeiro Espaço Criativo, os primeiros trabalhos que estão expostos foram escolhidos obedecendo a critérios de qualidade, previstos no Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), além das tipologias presentes na cultura paraibana. “Temos um grupo de trabalho composto por pessoas da gestão e com apoio de artistas e do Sebrae que nos auxiliou para essas primeiras coleções”, disse.

“Buscamos, também, identificar as principais tipologias, no sentido de equilibrar as categorias, como por exemplo, cerâmica, bordado, madeira, biojoias. Esse trabalho vai ajudar, inclusive, a formar uma base que vai nortear o nosso artesanato. O Programa João Pessoa Artesã (JPA) já faz isso, identificando as vocações nas comunidades – na Penha com as biojóias e no Alto do Mateus com a costura e o pachtwork”, explicou.

Uma das características do Espaço Celeiro Criativo é a reunião da arte e do artesanato no mesmo ambiente, divididos por categorias. Essa perspectiva foi bem aceita pelos dois segmentos, destaca Lúcia França. “Não foi difícil reunir os artistas plásticos e os artesãos, porque ambos entenderam que aqui é uma vitrine para seus trabalhos e que vai possibilitar uma abertura de mercado. As visitações já iniciaram e as pessoas estão encantadas com as peças, que representam um retrato da nossa cidade, feito pelas mãos dos artistas e artesãos”, afirmou.

As primeiras coleções ficarão expostas no local por cerca de dois meses, sendo repostas de acordo com a demanda das vendas e com a variedade de peças disponível por cada artista ou artesão. Na próxima semana, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através do Programa João Pessoa Artesã (JPA), vai divulgar os critérios para o cadastro de novos artistas e artesãos que queiram expor seus trabalhos no local.

 

(Da Secom-JP)

CATÁLOGO DE PROFISSIONAIS

Quem sabe fazer sua festa

logo