logo

Início > Música >

Clube do Forró empossa nova diretoria em Campina

30 de setembro de 2017 Foto: José Carlos dos Anjos Wallach / Festar

A nova diretoria da associação, após reunião de posse, na sede da Villa Jardim, em Campina Grande

 

Foi empossada na tarde deste sábado (30), em Campina Grande, a diretoria da Associação Artístico-Cultural Clube do Forró. A entidade criada em 2008, passou um tempo desativada, e agora suas atividades estão sendo retomadas como novo grupo à sua frente.

Organizada por forrozeiros de Campina e cidades próximas, a associação tem o objetivo de divulgar o forró e a cultura que expressa. Ao mesmo tempo que deve cumprir o papel de fortalecimento do ritmo nordestino, a entidade também vai realizar projetos sociais e culturais.

Um deles será a criação de escola de música destinada às crianças. O caminho a ser seguido é usar a própria força dos músicos locais para oferecer aos alunos ensinamentos musicais que impliquem, sobretudo, na disseminação da música nordestina.

Mobilização e união

Reuniões mensais se encarregarão de debater temas escolhidos dentro de um contexto de reconstrução do mercado do forró de raiz e de sua disseminação. “Vamos sempre abordar temas que estejam conectados com a realidade do músico local, mas sem esquecer que precisamos avançar na nossa maneira de nos produzir, nos divulgar e nos apresentamos mais profissionalmente”, argumenta o presidente da associação, o compositor e cantor Roberto Moraes.

Uma das participantes da reunião de posse, a produtora do grupo Os 3 do Nordeste, Lisete Veras disse estar entusiasmada com a retomada da associação: “Parafuso sempre abraçou a causa. Se fosse para nossa cultura, para o nosso forró, ele sempre esteve dentro”, disse ela, lembrando o posicinamento do seu marido, o zabumbeiro do trio.

Um CD para unir

Uma das ideias lançadas e aprovadas na reunião foi a gravação de um CD com vários artistas locais. Será escalado um time de cantores, músicos e compositores que escolherão um repertório de músicas com 16 músicas.

O compositor Roninho do Acordeon sugeriu que um artista deve cartar a música do outro: “É muito bacana você ouvir tua música sendo cantada por um colega de profissão”, disse Roninho.

A diretoria

José Roberto da Silva Moraes – presidente

Luiz Carlos Veras de Albuquerque – vice-presidente

Maricelia Figueiredo Leite – 1ª secretaria

Tarsila Emanuela Araújo Nunes – 2ª secretaria

Severino José da Silva – 1º tesoureiro

Eudes Leal – 2º tesoureiro

Isaque Geraldo da Silva – Dir. De Patrimônio

Judvan Gomes de Oliveira – Dir. Artístico e Cultural

Snides Caldas – Diretor Social e de Marketing

Edvan Gomes de Oliveira – Fiscal titular

Iranilson Andrade de Nunes – Fiscal 1º suplente

José Marinho dos Santos – Fiscal 2º suplente

 

(José Carlos dos Anjos Wallach)

CATÁLOGO DE PROFISSIONAIS

Quem sabe fazer sua festa

logo