logo

Início > Literatura >

Cronista William Costa lança seu ‘Para tocar tuas mãos’

18 de maio de 2017 Foto: Antonio David / Divulgação

William Costa: "São crônicas que cuidam da vida de dentro e daquela que corre lá fora, e que merece ser vivida com toda intensidade, na cadência dos pulmões e do coração”

 

“Pois é…um friozinho na barriga”. Quem disso isso agora há pouco em grupo de amigos nas redes sociais foi o jornalista e escritor William Costa, que logo mais à noite lançará ‘Para tocar tuas mãos – Chronesis’, seu primeiro livro, na Fundação Casa de José Américo, na praia de Cabo Branco, em João Pessoa.

Essa é mais uma característica do jovem e talentoso escriba William: a humildade. Sabemos nós que não é surpresa ele assumir oficialmente status de escritor com o lançamento do livro.

A coletânea ‘Para tocar tuas mãos – Chronesis’ será apresentada pela professora Maria Vilani de Souza. O livro reúne 42 crônicas e divide-se em três seções, nas quais o autor aborda, entre outros temas, metalinguagem, vivências no interior e na capital, natureza, sociedade, amor, saudade, amizade, literatura, filosofia e arte.

O livro e o autor são apresentados pelos escritores Marco Lucchesi (da Academia Brasileira de Letras), Maria Valéria Rezende (Prêmios Jabuti e Casa de las Américas) e Thiago Andrade Macedo, autor de ‘O silêncio das sombras’.

“Na verdade – explica William -, ouso dizer que se trata de uma estreia literária. Isso porque reescrevi, exaustivamente, as crônicas já publicadas, conectando-as, do ponto de vista linguístico e temático, por exemplo, com o núcleo inédito, de maneira a aproximá-las, inclusive pela variação das pessoas gramaticais e de alguns processos estruturais, do conto e da poesia em prosa”.

Desde a sua estreia no jornalismo, em 1986, William Costa nunca deixou de praticar a crônica. No entanto, há cerca de anos, decidiu escrevê-las com maior assiduidade, notadamente no caderno de Cultura do jornal A União, explorando as possibilidades poéticas, místicas, filosóficas e metalinguísticas do gênero, daí afirmar que sua crônica “é mais literária que jornalística”. Ele também escreveu para os jornais Correio e O Norte.

O autor

William Pereira da Costa nasceu em Campina Grande, Paraíba, no dia 21 de setembro de 1960, e mora em João Pessoa desde 1972. Foi gráfico profissional de 1974 a 1980 e, em 1989, concluiu o Bacharelado em Comunicação Social na Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Iniciou carreira no jornalismo em 1986, na Rádio Tabajara, prosseguindo, posteriormente, nas rádios Correio da Paraíba e Tambaú e nos jornais Correio da Paraíba, O Norte, O Momento, A Tribuna e A União, além das revistas Bastidores, Pessoa e Fabulação. Foi repórter de Política e de Cultura do Correio da Paraíba. Repórter de Cultura de O Momento. Repórter e editor de Cultura de O Norte. Colaborador do Contraponto. Repórter, editor de Cultura, secretário de Redação, subeditor geral adjunto e editor geral de A União.

Serviço:

Lançamento – ‘Para tocar tuas mãos – Chronesis’ (Editora Ideia, 2017, 162 págs. R$ 30,00)

18/5 – 19h | Fundação Casa de José Américo | João Pessoa-PB

 

(Da Redação, com informações do autor do livro)

CATÁLOGO DE PROFISSIONAIS

Quem sabe fazer sua festa

logo