logo

Início > Eventos >

Fãs organizam 19º Tributo a Gonzaguinha, no Bar do Baiano

30 de novembro de 2017 Foto: Reprodução web



Em ritual que está prestes a completar duas décadas, fãs do músico Luiz Gonzaga Junior, Gonzaguinha, se reunirão neste sábado (2) em João Pessoa para mais uma vez reverenciá-lo ao som da sua obra.

Organizado há 19 anos pela jornalista Fátima Sousa (Mana) e amigos, o Tributo à Gonzaguinha será realizado no Barbo do Baiano, um reduto de intelectuais, artistas, ativistas culturais e gente da mídia.

Vários artistas já confirmaram presença e vão participar da programação que consta de música, poesia e performances, baseadas na obra do artista, no aniversário de dezesseis anos de criação do projeto ‘Gonzaguinha Vive’, diz Mana.

“A proposta é reunir pessoas que realmente apreciem a obra de Gonzaguinha e isso tem se constituído numa realidade ano após ano. Neste período tivemos apenas um intervalo de dois anos sem realizar a festa. A estimativa é reunir gente de várias gerações”, explica a jornalista.
O elenco
O maestro Roberto Araújo assina a produção musical do evento, em que estarão presentes o Coral Voz Ativa, regido pelo maestro Luiz Otávio, os artistas Edu e Elaine Araújo, Junior Targino, Jorge Remígio, Betinho e Renato Lucena, a atriz Ana Lúcia e as canjas de fãs do artista que se somam ao logo da noite. A entrada é franca.

Poesia, dor e alegria

Gonzaguinha nasceu e cresceu no Morro de São Carlos, no Rio de Janeiro. Era filho de Luiz Gonzaga com a cantora de cabaré Odaléia, falecida nos primeiros anos de vida do artista. Foi criado pelos padrinhos, Baiano e Dina.

O artista viveu a infância subindo e descendo o morro, mas essa vulnerabilidade social não lhe tirou os sonhos. Sua qualidade musical o coloca ao lado de nomes como Chico Buarque de Holanda, Ivan Lins, Aldir Blanc e outros famosos contemporâneos da MPB.

A obra de Gonzaguinha tem a marca de um porta-voz do povão, do trabalhador explorado, das mulheres, das crianças de rua, enfim, das minorias deste país.

Sua poesia, ora é lírica e romântica, ora de protesto, numa luta constante em busca da cidadania do povo brasileiro. “A obra de Gonzaguinha continua muito atual, principalmente neste momento de violenta crise no nosso país”, afirma a organizadora do tributo.

Sorteio

Ao longo desses anos o evento vem se consagrando com a força e integração dos admiradores do cantor. Sem fins lucrativos, trilha com a gentileza de todos, fãs e artistas (não cobram cachê). Para manter o tributo, a organização realiza algumas ações de contribuição e neste sábado será sorteado um grill família, acompanhado de um brinde surpresa, no valor de R$ 5.

Serviço:

19º Tributo a Gonzaguinha

2/12 | 20h | Bar do Baiano | Rua dos Ipês, 30 – Bancários | João Pessoa-PB

 

(Da Redação, com informações da organização)

CATÁLOGO DE PROFISSIONAIS

Quem sabe fazer sua festa

logo