logo

Início > Música >

Gil, Gal e Nando Reis apresentam hoje ‘Trinca de Ases’

13 de outubro de 2017 Foto: Daryan Dornelles / Divulgação



 

A união de três grandes artistas da música popular brasileira gerou frisson. Gal Costa, Gilberto Gil e Nando Reis formam a Trinca de Ases, que chega a João Pessoa hoje para única apresentação na Domus Hall. A turnê, que surgiu por conta de um encontro pontual entre os três, circula por várias cidades do país e traz novidades. O público que for conferir a performance de hoje poderá ver Gilberto Gil na Capital pela primeira vez desde 2013. Na abertura, apresenta-se Alex Cohen.

O projeto surgiu no ano passado, em uma apresentação em Brasília organizada pelo jornalista Jorge Bastos Moreno, homenageando o centenário do político Ulysses Guimarães. “Aquele primeiro show foi dirigido por Rafael Dragaud, com direção de arte e conceito gráfico de André Vallias. Foi algo muito bonito e de lá surgiu essa ideia de aumentarmos a parceria para essa turnê. Eu e Gil já fizemos muitas parcerias ao longo da vida, com Nando é a nossa primeira vez”, comenta Gal Costa.

Inicialmente um encontro entre vozes e violões, a ideia do projeto acabou tomando corpo e precisou de adaptações. Ao sentarem para decidir os detalhes, Gil e Nando decidiram que era preciso de outros recursos. “Precisávamos do mínimo de complementação sonora e então incorporamos um contrabaixo e uma bateria. Daí fomos fazendo arranjos com essa configuração”, conta Gilberto Gil.

Nando conta que essa experiência de pensar de maneira conjunta os arranjos para as canções é um dos trunfos da performance do Trinca de Ases, que se completa quando encontra-se com a performance vocal de Gal Costa. “Mesmo que ela não seja compositora, a força de sua interpretação é essencialmente autoral. E eu e Gil temos uma maneira muito própria de tocar violão, cada um ao seu modo. As diferenças advindas das fortes individualidades, são a base do ineditismo do projeto: a resultante da soma de nossas linguagens”, define o músico.

Inéditas no repertório

O show traz sucessos dos três, mas também contém novidades. Algumas das músicas presentes no set list são “Esotérico”, “Segundo sol”, “Meu amigo, meu heroi”, “Barato total” e “Baby”. Em certo momento da performance, Gal e Nando fazem uma dobradinha na canção “Lately”, sucesso do norte-americano Stevie Wonder. Nando começa entoando os versões da canção no original em inglês, passando a vez para Gal, que canta a versão “Nada mais”, feita por Ronaldo Bastos, sucesso na sua voz na década de 1980.

No show, são três inéditas: “Tocarte”, letra de Gil musicada por Nando Reis; “Dupla de ás” – “Inspirada pelo universo musical dos baianos, no inusitado de certas letras de Gil e Caetano”, explica Nando – e “Trinca de ases”, que dá título ao encontro. Mas há uma quarta canção  que ficou de fora do repertório.

“É uma canção feita para a Gal, sobre a grandeza de sua voz”, pontua Nando. Talvez ouçamos essa música em um novo registro de Gal ou do próprio Nando, mas ele despista.

Ao falar de novos registros, Gal deve lançar o DVD da turnê Estratosférica em breve, além de já ter iniciado o processo de um novo álbum. Por falar em novo álbum, Gilberto Gil também está trabalhando em um novo registro.

Com saúde debilitada nos últimos meses, passou por constantes internações. Os acontecimentos, como era de se esperar, o inspiraram a escrever.

“Tem duas canções que falam dos médicos que cuidaram de mim, tem canções para meus netos mais recentes, para a bisneta que nasceu, amizades que surgiram nesse período da minha vida, a ampliação do meu vínculo afetivo com o Rio de Janeiro. Tem duas canções que tratam mais de questões sociais e filosóficas. Esse disco só deverá ser lançado no ano que vem”, adianta.

Serviço:

gilberto gil, gal costa e nando reis

Hoje, às 21h.
Domus Hall (Manaíra Shopping, Av. Flávio Ribeiro Coutinho, 220, Manaíra, João Pessoa – 3621.8383 – http://domushall.com.br http://www.facebook.com/domushall).

Ingressos: R$ 80 (pista/ inteira), R$ 40 (pista/ meia), R$ 160 (camarote/ inteira), R$ 80 (camarote/ meia), R$ 1.200 (camarote/ 10 pessoas), R$ 800 (mesa diamante/ 4 pessoas), R$ 600 (mesa gold/ 4 pessoas), R$ 300 (cadeira diamante/ inteira), R$ 150 (cadeira diamante/ meia), R$ 280 (cadeira gold/ inteira) e R$ 140 (cadeira gold/ meia

(Reproduzido do Caderno de Cultura do Jornal Correio da Paraíba desta quinta-feira, texto do repórter André Luiz Maia)

CATÁLOGO DE PROFISSIONAIS

Quem sabe fazer sua festa

logo