logo

Início > Eventos >

Cartilha ‘O que é forró’ é lançada na versão em inglês na Alemanha

30 de novembro de 2017



 

Será lançada nesta sexta-feira (1), no Festival de Forró de Freiburg (Alemanha), a versão em inglês da cartilha ‘O que é forró’, de autoria do músico e produtor de Campina Grande, Alessandro dos Santos Silva (Sandrinho Dupan), e do pesquisador e produtor de eventos no sul do país, Ivan Dias.

Lançada originalmente em português em setembro passado por ocasião do Fórum #SOS Forró, em Campina, a cartilha ganhão notoriedade e transcendeu limites geográficos. Hoje está chegando à Europa, onde existe um grande movimento que dissemina o forró nordestino.

“A ideia da cartilha surgiu durante turnê que fizemos na Europa, onde realizamos oficinas sobre o forró”, lembra Sandrinho Dupan, que é escritor e coordenador da mostra de música do Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP, o Museu dos Três Pandeiros). Ele e Ivan integraram a turnê europeia de outro campinense, Roninho do Acordeon, no final de 2016, quando tocaram e ministraram aulas sobre o forró em cidades da Alemanha, Suíça e Itália.

Novamente em turnê europeia desde o dia 17 deste mês, mas desta vez em companhia de Luisinho Calixto, Dupan faz shows e realiza oficinas. Calixto leva o fole de 8 baixos, novidade em um circuito europeu de forró. Entre as atividades da turnê está o lançamento da versão em inglês da cartilha.

A cartilha

Reunindo informações sobre o forró, a cartilha posiciona o ritmo historicamente no contexto musical, mostrando seus instrumentos e relacionando artistas em cada uma das épocas. Constrói uma maneira nova de discutir origens e os caminhos que têm sido traçados ao longo da história desse ritmo em pouco mais de sete décadas. A cartilha, de 32 páginas, tem introdução e revisão do jornalista Fernando Moura e foi impressa pela editora da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Os autores discorrem sobre a história do forró e seus ciclos, reproduzem partituras para zabumba (que colocam como instrumento símbolo do ritmo) e desmistificam a origem do termo ‘forró’.

“Nós dividimos a história em quatro ciclos: o forró tradicional (nos anos 40 a 70); o forró MPB (dos anos 80, com Elba, Zé Ramalho, Alceu Valença e outros; o forró eletrônico (anos 90), com Mastruz com Leite e outras bandas do gênero; e o forró universitário (anos 2000)”, explica Sandrinho Dupan.

(Da Redação)

CATÁLOGO DE PROFISSIONAIS

Quem sabe fazer sua festa

logo