logo

Início > Teatro >

Severino Cabral marca aniversário com espetáculos gratuitos

29 de novembro de 2017 Foto: Guga Melgar / Divulgação

Espetáculo 'Rei Lear'

 

Clássicos do teatro, símbolos da música, ícones da dança e abrigo das mais importantes manifestações artísticas. O portfólio credencia o Teatro Municipal Severino Cabral como a mais destacada casa de espetáculos de Campina Grande. Nesta quarta-feira (29), esse que é um dos orgulhos dos campinenses, comemora 54 anos e, para celebrar a data, irá apresentar os espetáculos ‘Brincante’ e ‘Rei Lear’.

‘Brincante’, da Companhia Teatral Referência Cênica, de Monteiro, será apresentado às 16h, na Sala Paulo Pontes. O espetáculo é uma montagem do texto ‘Raízes em Chamas’, do teatrólogo Marcos Freitas.

A partir de figuras populares ligadas às tradições folclóricas do Nordeste, como Mateus e Bastião, o espetáculo insere-se no rol de textos que falam da vida e da morte do boi-bumbá.

Às 20h, no palco principal, será apresentado a peça ‘Rei Lear’, considerada obra-prima de Shakespeare. A montagem da Remo Produções de Recife, carrega a assinatura do premiado diretor carioca Moacir Chaves.

O texto é encenado pelas atrizes Paula de Renor, Sandra Possani e Bruna Castiel. As duas primeiras já haviam trabalhado com Moacir Chaves na montagem de Duas mulheres em preto e branco, de 2012, com texto de Ronaldo Correia de Brito. Nessa segunda empreitada, agora levando a tragédia de Shakespeare ao palco, o grupo continua o trabalho de pesquisa de linguagem. “Mesmo com dezenas de personagens, o texto não foi adaptado, apenas recebeu cortes”, explica o diretor.

Em Rei Lear, o monarca da Bretanha, ao chegar à velhice, se vê obrigado a dividir o seu reino entre as três filhas para garantir a sua sucessão. O texto foi escrito em 1606, mas trata de questões pertinentes aos dias de hoje: como se constroem as estruturas de poder, injustiças sociais, tratamento ao idoso e à mulher”, complementa Chaves.

Gratuitos

A entrada para os espetáculos Brincante e Rei Lear é gratuita e encerram as comemorações e aniversário da Casa de Espetáculos. Rei Lear tem censura 14 anos, o projeto conta com incentivo do Funcultura – Secretaria de Cultura – Fundarpe/Governo de Pernambuco.

(Da assessoria da casa)

CATÁLOGO DE PROFISSIONAIS

Quem sabe fazer sua festa

logo